sexta-feira, 21 de maio de 2010

MARRAKECHE - VI - CIDADE DE ARTESÃOS

As últimas imagens e as últimas palavras sobre Marrakeche reservo-as para os artesãos e para os SOUKS, organizados segundo os produtos, onde se amontoam amêndoas, amendoins, azeitonas, toda a espécie de frutos secos, sementes……
Nos boticários deparamo-nos com extractos de todo o tipo de plantas em frascos com mezinhas de todo o género.
Aqui, os aromas invadem-nos os sentidos.
São os SOUKS... onde se vende também uma grande variedade de artigos:
Todo o tipo de objectos de metal, especialmente de cobre e de bronze; montanhas de tecidos, roupas, panos…. de algodão, lã, seda, pele ……
Os artigos de pele documentam mesmo uma actividade que nasceu em Marrakeche.
Os artigos saídos das mãos dos latoeiros, tecelões, carpinteiros….artesãos que cultivam artes e costumes ancestrais, encantam-nos pela beleza e pela originalidade.
Apetece-nos carregar com tudo!!!!














































6 comentários:

  1. UAU!!!!! Quantas coisas lindas, LINDAS FOTOS.
    Vim convidar pra ver meu vídeo novo no Blog: SENTIMENTOS.
    Homenagem á pintora mexicana Frida Kahlo, te espero.
    http://sentimentos-jacque.blogspot.com/

    Beso

    ResponderEliminar
  2. Fotografias de eleição, que valorizam o artesanato genuino; alguns certamente artigos únicos, não falando das especiarias, frutos secos e... pardais ao milho. Tudo isto, convida a uma viagem de confirmaçãqo plena destas maravilhas.
    Um forte e fraterno abraço.
    Jorge

    ResponderEliminar
  3. Vim agradecer seu comentário no Blog: SENTIMENTOS.
    Até o final da semana já tem outro vídeo lá... Apareça, por favor.

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Adoro o artesanato marroquino...todo ele...e já esou como tu: apetece-me levar tudo!!
    As fotos estão belissimas...
    Beijo e bom fds
    Graça

    ResponderEliminar
  5. Olá boa tarde
    É com muito gosto que já hà algum tempo o tenho vindo a seguir neste blog. Tenho-o lido com muito interesse, até porque algumas das suas memórias são as mesmas que eu guardo, do nosso querido Vilarinho.
    Desejo-lhe tudo de bom. Uma sua conterrânea

    ResponderEliminar
  6. Olá Conterrânea:
    Foi com emoção que recebi o seu comentário.
    Para escrever sobre a nossa terra tenho VENTOS DO NORDESTE.
    Gostaria dar-lhe a conhecer «A minha última ida a Vilarinho». Bastará aceder a: http://lepac-lepac.blogspot.com/2009/12/vilarinho-da-castaneira.html
    Também gostaria conhecer a quem devo comentário tão agradável

    ResponderEliminar