terça-feira, 3 de novembro de 2009

FUNCHAL E OESTE

A MADEIRA fica já ali, no Atlântico, à mesma distância de Lisboa que Valência, ou Bilbau e a meio caminho de Paris.
É, assim, imperdoável percorrer “meio mundo” antes de visitar a Madeira, de conhecer o Funchal, de percorrer a pé as veredas das suas montanhas, sentir a emoção de uma natureza prodigiosa em paisagens únicas, o aroma das flores, fetos como estrelícias e orquídeas entre outras, admirar as escarpas do litoral, saborear a preciosidade de um bom vinho da madeira, e porque não, a famosa poncha.
Em boa hora me decidi. Fiquei com o desejo de voltar.

4 comentários:

  1. E um belo pão no caco, porque eu até gostei.
    Bela descrição de uma ilha lindíssima.
    Continuação de boas viagens.

    ResponderEliminar
  2. Grandes verdades, Luís. A Madeira é linda, ou por outra, continua linda!!! Já lá passei um dos meus mais belos Natais. Sou assim, primeiro Portugal e para os momentos especiais. Já lá não vou há mais de 5 anos. Está na hora de voltar...Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Dida: E espero voltar e não me vou esquecer de si e do pão no caco. Obrigado.

    Queriga Angela: Uma verdadeira patriota. Parabéns. Não me devo enganar muito se disser que a Angela já foi uma meia dúzia de vezes aos mesmos sitios onde eu fui uma única vez. Vejamos:
    Veneza, Milão, Roma, Paris, Américas......
    E que tal esse aniversário gozado na Jordânia?
    Grandes passeatas. Já vi algumas fotos. Mágnificas. Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Por pouco não nos encontravamos lá....também fomos em Outubro e também fiquei encantada com as montanhas e levadas....Margarida (Coimbra)

    ResponderEliminar