sábado, 29 de agosto de 2009

GAUDÍ - I - Sagrada Família

Cruz que encima Fachada da Natividade

Representa um cipreste que simboliza a Eternidade

Foto 1974

Torres da Fachada da Paixâo

Esculturas angulosas do Fachada da Paixão

Fachada da Paixão - concluida em 1980

Fachada da Paixão - foto 1974

Torres Sineiras - Fachada da Natividade - concluidas em 1904

BARCELONA DE GAUDÍ

Barcelona foi desde o tempo dos romanos um centro comercial importante.
Durante a idade média a Catalunha foi escolhida pelos visigodos para capital do império – séc. V d.c..
Com o aparecimento do império espanhol, dominado por Castela, o condado independente, com legislação e língua próprias a região foi perdendo a sua independência.
A descoberta do gótico no final do séc. XIX, para além de preocupações artísticas, transformou-se num sinal político, dando lugar a um movimento nacionalista.
Gaudì desde logo se aliou ao movimento.
No entender do seu colaborador Torres Garcia, Gaudì era «o mais catalão de todos os catalães» e também «o mais genial de todos os arquitectos».
A partir de 1883 abraçou o trabalho da sua vida: A construção da Sagrada Família, a igreja menos convencional de toda a Europa, obra de várias gerações, com início em finais do séc. XIX, prolongando-se por todo o séc XX, não se sabendo ainda se o século XXI a verá concluída.
(Mais informação ver GAUDÍ da Taschen)

3 comentários:

  1. Bom dia!
    Parabéns. Uma fotoreportagem excelente.
    E a curiosidade (minha) vai sendo alimentada, e um dia...um dia eu volto lá!
    Hoje apetece-me falar de André Rieu o "embaixador das valsas" que está na sua barrinha esquerda. Adoro! Tenho dois DVD´S dele. Um espectáculo em Londres e outro em Amesterdão.
    O maestro violinista que consegue fazer de um concerto uma ode à alegria interagindo com o público e levando-o a ser parte activa do espectáculo.Uma verdadeira maravilha.
    Bom Domingo Dida(flordeliz)

    ResponderEliminar
  2. VIVA. Partilho completamente a sua opinião sobre o A.R. Com ele a música ganha uma dimensão espiritual. Também gostei imenso da Ana Carolina e seu Jorge É isso aí... Ainda a fui "roubar" ao MixPod mas não consigo mete-la no blogue por forma a arrancar quando acedo ao blogue, como no seu caso em que o efeito é muito bonito.
    Para ver Barcelona "à minha maneira" acampei em EL PRAT DE LLOBREGAT, mesmo ao lado do aeroporto da Portugália. Fica a poucos minutos da Praça de Espanha. Doze dias de parque, com caravana, corresponderam a duas noites no Hotel. Boa semana...

    ResponderEliminar
  3. Fazemos acordo ahahahah
    Eu cozinho... se tiver direito a dormida ;-)
    Falando a sério: "É isso aí" uma coisa que já pensei fazer mas nunca tive coragem.
    Uma boa semana para si também!
    Dida(flordeliz)

    ResponderEliminar